29 de set de 2011

Acessórios

Os acessórios são muito importantes no seu armário, porque eles mudam completamente seu look. Uma produção simplezinha fica muito bem acompanhada por eles. Por isso, invista mesmo nesses amigos das produções.

Quando você viaja eles fazem toda a diferença. Afinal, as 3 camisetas básicas, a calça preta, a jeans e o vestido preto ficarão "novos" a cada combinação de acessórios (nossa, mas só isso na mala ? bem, esse é assunto para outro post).

Portanto, não abra mão de ter:
  • Lenços (curtos e compridos)
  • Echarpes
  • Bijouterias grandes e pequenas (desde que seja do seu gosto pessoal, claro), relógios.
  • Cintos.
Quer ver a diferença? Abaixo um look simples, calça jeans e regatinha. Você veste e aí... complementa !



28 de set de 2011

Você conhece os estilistas e suas famosas marcas ?... Roberto Cavalli

A grife ialiana (repararam como a Itália produz estilistas ? ) Roberto Cavalli foi criada em 1970 e é conhecida por seus looks sensuais e extragantes. Algumas fãs da marca: Jennifer Lopez, Sarah Jessica Parker e Madonna.

Roberto Cavalli e Sharon Stone. Fonte: Exposay.com
Óculos da Grife
Roberto Cavalli, de formação em artes plásticas, iniciou-se no mundo da moda na década de 1960 com a criação de estampas. São ícones da marca inspirações em peles de bicho: zebra, onça, pavão e cobra, em roupas e acessórios. Outro elemento sempre presente em suas criações é o estilo Safári. Acessórios também são fortes na marca. Como você vê na foto acima e nos acessórios, tudo é muito extravagante mesmo !

A grife possui aproximadamente 80 lojas pelo mundo - no Brasil, a  loja fica em São Paulo, na Rua Bela Cintra.
 
Bolsa Roberto Cavalli


27 de set de 2011

Dicionário de Moda

Caftã - é uma túnica, longa, de mangas amplas, que pode ser utilizada por homens e mulheres. Há versões lisas, estampadas e bordadas. Original do Oriente, a peça foi adaptada no guarda roupa Ocidental entre as décadas de 1960 e 1970, durante o movimento hippie.

Caftãs mostrados em desfile, da esquerda para a direita: L.A.M.B, Pucci e Elie Saab

Camurça - derivado do couro, o tecido tem superfície aveludada devido ao processo de polimento que a pele do animal é submetida. É empregado em calçados, bolsas, chapéus e casacos.

Escarpin - sapato feminino com  salto alto, levemente cavado no dorso dos pés. Pode ser combinado tanto com roupas formais, como um tailleur, um terninho, vestido tubinho ou com roupas mais despojadas, como jeans, para sair à noite.

26 de set de 2011

O tom Nude e suas variações

Quando você ouve Nude pensa só em bege ? Não é... nude são tons de bege-claro que lembram a cor da pele. Porém eles não são só bege, porque a pele não é só dessa cor. Podem ser mais rosados, amarelados ou até acinzentados.

Para achar o tom certo, o que fica melhor em você, prove a roupa sem maquiagem e próxima à luz natural. Veja se o seu rosto não está com as olheiras e marcas de expressão ressaltadas. Os melhores tons são aqueles que valorizam seus traços e deixam sua pele com uma aparência saudável.

Experimente usar um vestido nude com outras peças, se você quer parecer:

Moderna - com outros itens pesados, como jaqueta de couro. É um contraste.
Sexy - O nude também pode ser sexy, se usado com sandálias de tiras finas e uma carteira/bolsa de estampa de bicho por exemplo.
Clássico - acessórios como pérolas e sapatos de modelo tradicional.
Romântico - sandálias delicadas, bolsa pequena de tecido, bijouterias em forma de flores (esse é  o meu !).

25 de set de 2011

Sandália Melissa

Adivinhe quando surgiu a 1a. sandália Melissa... uns 32 anos atrás ! Pensou que era mais atual, não é, tantos são os modelos e cores disponíveis. Melissa deixou de ser somente a sandália de plástico, hoje é a sandália de plástico fashion. Quando surgiu, eram 2 modelos (quem tem mais de 30 anos lembra!).

Eu tive uma com furinhos, cinza,  usava com e sem meias. Depois me lembro de um modelinho com saltinho e fita, tive uma azul, usei muito. É desse modelinho, o Rock.

O primeiro modelo foi o de tiras. Hoje em dia foi rebatizado com o nome de Aranha e foi inspirado em um calçado usado por pescadores da Riviera Francesa, nos anos 70.

E a partir daí, os números só cresceram:
  • Já teve 500 modelos diferentes.
  •  + de 60 milhões de pares fabricados.
  • 20 milhões de pares exportados para 80 países.
A marca Melissa pertence ao grupo gaúcho Grendene. Vários estilistas famosos já desenharam modelos para as sandálias, como Jean Paul Gaultier e Vivienne Westwood.

No Brasil encontramos a Melissa em vários pontos de venda e no exterior, na França e nos Estados Unidos (chic !).

Melissa foi a primeira marca a usar plástico nos calçados. Segundo Edson Matsuo, na época diretor criativo da marca, em entrevista à Revista Estilo - nov 2009: "A vantagem desse material (plástico) é que vai muito mais longe do que o couro". Preocupada com tanto plástico em relação ao meio ambiente ? Segundo a marca, o plástico das sandálias foi reconhecido internacionalmente pelo uso reciclável.

Modelinhos agora são muitos ! Visite o site oficial http://www.melissa.com.br/pt/home. Aqui, você encontra também a lojinha virtual. Se você está em São Paulo, visite a Galeria Melissa, Rua Oscar Freire, 827 - São Paulo / SP.




24 de set de 2011

Educação... o que tem a ver com Moda ?

A Ana Baroncelli, colega lá da empresa e criadora do blog Bazar Click Chic (acesse aqui: http://bazarclickchic.blogspot.com/) almoçou comigo algumas semanas atrás e converamos sobre nossos blogs, sobre moda, estilo e ... etiqueta. Concordamos que não adianta estar bem vestida, com o sapato último modelo, a bolsa da grife XYZ, a roupa com vários $$$ e ser... mal educada. Como diz Glória Kalil em seu livro Chic[érrimo]: "Ninguém é Chic se não for civilizado." Indico esse livro pois além de moda, resgata a boa educação que parece ter sido esquecida pela maioria hoje em dia.
Capa do livro Chic[érrimo] da Glória Kalil
Uma das coisas que a Glória comenta nesse livro é sobre o Outro. Porque parece que todos olham somente para si, não é ? A pessoa pensa em si no trânsito caótico, pensa em si no elevador, quando passa correndo pela catraca, afinal ele tem que passar primeiro, não você. Esquecemos do coletivo e achamos que só nós estamos no mundo, o Outro... quem é o Outro mesmo ?
Seja chic e antenada (o), ande na moda, descubra seu estilo, pegue dicas aqui e em outros blogs, mas não se esqueça de que existem (ainda) algumas palavrinhas mágicas, como "Obrigada(o)", "Por favor" e "Desculpe". Você será ainda mais... Chic !

23 de set de 2011

Significado das Cores - Violeta

Mais um significado para cores que gostamos. Hoje o foco é a cor violeta e suas variações púrpura, lilás, malva... gosto muito desses tons. Lilás é o meu preferido (é o tom atual de fundo do blog). 


 Essas cores demonstram sensualidade e espiritualidade. As pessoas que escolhem roupas destes tons gostam de lidar com arte ou filosofia.
Os tons claros, próximos ao rosa, são mais alegres e demonstram romantismo.
Tons mais escuros, demonstram saudades, melancolia (será ?).

Mas violeta em geral tem a ver com os sentimentos e gera paixão...Humm, um pouco de violeta e lilás no guarda-roupa não faz mal a ninguém então !

22 de set de 2011

Salto Anabela

Tem um post mais antigo aqui - Tendências de Sapatos Primavera Verão 2012 - onde eu comentei do salto anabela (adoro ! fico alta de uma maneira mais confortável e esteja na moda ou não, está no meu armário). E as sandálias vieram com tudo mesmo, veja as coleções atuais que já aparecem por aí. A novidade é o uso da corda no salto. Muito Verão !

Jorge Alex



Regina Rios

Dumond


Além da variedade de materiais, as sandálias com salto anabela chegaram com cores alegres, com mais de uma cor, a cara do calor. Escolha a sua e desfile por aí.

21 de set de 2011

Detalhes elegantes do terno masculino

Alguns colegas comentam sobre os poucos posts voltados ao público masculino... é que nós, mulheres, somos mais importantes.... brincadeira ! :)  vocês sabem, o guarda-roupa feminino sofre várias alterações em função da moda atual, já o masculino tem pouca mudança e apresenta poucas peças.

Hoje o post é para os meninos, falaremos de ternos masculinos e os detalhes que fazem a diferença.



Terno é a imagem do executivo, do gerente de contas, enfim, de quem precisa estar bem vestido e formal no dia a dia de trabalho. Nem precisa dizer que terno precisa ser bem cortado, de boa qualidade, tecido que não amassa, leve para o verão e mais grosso para o inverno, cores sóbrias e que permitam combinações elegantes com camisas e gravatas. Resumindo: caimento impecável. Sua imagem é tudo, é o seu cartão de visitas, invista em ternos de boa qualidade, isso tem um preço. É um investimento.

Eu tive a sorte de encontrar um colega no escritório essa semana e ele gentilmente cedeu sua imagem rsrsrs para algumas dicas, mesmo na correria de final de trimestre.

O primeiro ponto elegante é que a manga do blazer termina na altura do osso do punho ou logo acima, e aparece um dedo da manga da camisa. Meu colega dobrou um pouco o braço nessa foto de celular (desculpem, justo no dia em que eu tiro a câmera da bolsa, ele aparece !).




Sobre a foto seguinte, pedi a ele que mostrasse o detalhe da camisa. Notem que ela possui preguinhas discretas onde a manga encontra o punho. São as camisas de boa qualidade. Ah, e ele estava de abotoaduras. Não são obrigatórias, muitos não gostam, mas elas dão o toque elegante e evitam que a manga não caia sobre a mão. Obtem-se o mesmo efeito com botões.


Mais um toque elegante: seguindo a mesma dica da 1a. foto, a gola do blazer deixa aparecer um dedo da gola da camisa quando vista de costas.


A foto abaixo não é do meu colega - ele estava com pressa ! A respeito da gravata, seu comprimento termina no furo do cinto.


20 de set de 2011

Peças de Roupas Atemporais

Você sabe o que é uma peça atemporal ? É aquela que resiste a todas as modas, não importa qual seja naquele ano, a roupa estará à disposição. Veja abaixo alguns itens do vestuário e suas datas de surgimento e popularidade:

Saia evasê - popular desde 1930 ! Atenção mulheres de tipo físico Pêra: ótima para nós.

Blazer - você sabe, é um item do guarda-roupa masculino. Foi adotado pelas mulheres da década de 1920. Com camisa por baixo, tudo de executivo e chic. Com camiseta ou blusinha justinha, mais informal mas ainda elegante.

Calça capri - sempre presente quando esquenta ! Desde 1950. Combine com sapatilhas, são a cara dela.



Vestido tubinho - Criado pelo estilista Yves Saint Laurent nos anos 60. Sem comentários. Item eterno.

E você achando que são peças jovens rsrsrsrs

19 de set de 2011

O que uma pessoa com estilo deve saber

Um dos livros que falam sobre moda e do qual gosto bastante é "O Livro Negro do Estilo" da colombiana Nina Garcia. A mãe da Nina era muito vaidosa e tinha uma costureira que fazia tudo o que lhe vinha à cabeça, além de confeccionar os modelitos, ela adaptava, cortava, customizava, por isso a mãe tinha um estilo único para se vestir. Em um dos capítulos, sobre ter estilo, Nina comenta uma série de coisas que essas pessoas estilosas, assim como sua mãe, sabem fazer. Menciono e comento algumas:

"Adaptar - ela só compra o que gosta e o que lhe cai bem" - Não usa a moda do momento se ela não lhe cai bem. Vejam o exemplo do verão que vem aí: saias longas. Sinceramente não sei se usarei, tenho 1,63 de altura e quadris largos, se não for com um salto alto não ficará legal. Se você também não curte, não vai usar porque todo mundo usa, não é ? Usaremos as saias na altura do joelho então ! Eu comprei um vestido longo na moda de 2 anos atrás... usei 2 vezes e passei a tesoura no comprimento que me favorece.

"Não pode ser vítima da moda" - não se prende à bolsa da moda, à saia da moda, à cor da moda. Lembro de um ano, há muito tempo, que a cor marrom era moda. Comprei uma blusa porque todo mundo comprava... fico horrorosa de blusa marrom, apagada...encostei no armário à espera da doação.


"Investir na estrutura" - estrutura são os clássicos que nunca sairão de moda: pretinho básico, trench-coat, um bom terninho. Mas você pode pensar: "no meu trabalho não preciso estar tão formal assim". E se pintar uma entrevista, cadê o terninho ? E um compromisso de última hora, não vai bem um vestidinho preto ?



"Ser imperfeita" - a gente fica tão preocupada se tem ou não o corpo perfeito que esquece de olhar em volta e perceber que todas as formas existem e que há um jeito, uma atitude de se vestir que se encaixa perfeitamente no seu corpo. Pois essa pessoa de estilo "sabe muito bem que o dia a dia não é uma sessão de fotos". Adorei essa. Complemento com uma frase da atriz italiana Sophia Loren: "Nada torna uma mulher mais bonita do que a própria crença de ser bonita".



Bonecas Tipos Físicos. Fonte: site revista Manequim.com.br
 

18 de set de 2011

Bolinhas vem aí

Se você faz parte das românticas que curtem bolinhas, alegre-se. Elas vem com tudo nessa Primavera-Verão. No universo da moda, estampas de bolinhas são conhecidas como "poás". E não, não se limitam somente aos alegres vestidos rodados da década de 1950. Hoje em dia, além das peças de vestuário, estampam sapatos, bolsas e outros acessórios.



São bem alegres e eu curto bastante. Dizem que bolinhas são minha cara, além das florzinhas, claro. Culpa de um romantismo assumido rsrsrs. Mas se você torce o nariz para as roupas, não tem nada a ver com seu estilo, que tal um acessório para alegrar seu visual ? Abaixo 2 fotinhos de acessórios meus:


Bolsa de tecido


Sapatilhas de tecido (não são fofas ?)
A bolsa paguei barato, é de tecido, bem modinha mesmo. Não é para ser usada todo dia e com qualquer roupa, claro, é mais informal, mas acompanha combinações legais de final de semana. As sapatilhas eu comprei ontem, da minha amiga Lili (já falei dela logo no início do blog, sua loja tem sapatos muito estilosos) é de tecido também e vai cumprir bem o seu papel nesse verão.

Dúvidas se dá pra usar ? Bem, montei os looks abaixo através de um dos meus sites preferidos, o By MK (http://www.bymk.com.br/) . O primeiro com a bolsa de bolinhas.



E este com as sapatilhas.


 

16 de set de 2011

Você conhece os estilistas e suas famosas marcas ?...Emílio Pucci

Confesso que antes de me ligar pra valer em moda eu não sabia quem era Emílio Pucci. Mas ele foi chamado de "Príncipe das Estampas". Que tal saber um pouco mais sobre ele ?
Emílio Pucci foi um marquês italiano que fez fama com estampas multicoloridas, tecidos leves e roupas esportivas. Ficou muito conhecido por seus desenhos abstratos e geométricos - lembram ondas do mar - e em cores vivas de azul, lilás, verde e rosa.

Capa Revista Manequim anos 60 com vestido de estampa Pucci - fonte: site Manequim.com.br
Ele abriu a primeira loja em 1950 no balneário de Capri, na Itália. Esse fato colaborou para promovê-lo a criador da famosa calça capri, modelo afunilado e com barra nas canelas. No início só pescadores usavam, mas hoje em dia... em que verão elas não aparecem ?

Essa marca tem aproximadamente 1.000 estampas exclusivas em acervo. As estampas são usadas facilmente em harmonia com bolsas e sapatos coloridos... cara de verão, não acham ? Olha só que acessório chiquérrimo aqui ao lado com desenho de estampa da grife.

Emílio Pucci faleceu em 1992 e desde então sua filha, Laudomia, assumiu a direção da empresa, hoje faz parte do conglomerado de luxo LVMH e é comandada por um estilista chamado Peter Dundas.

Ah, aproveitei e montei um look com estampa Pucci. Aprovado ?



15 de set de 2011

Azul Royal ... tem outro nome

Descobri outro dia, folheando uma revista de moda, que o tom de azul que chamamos de royal tem outro nome: azul-Klein. Sabe por que ?

Foi um artista francês chamado Yves Klein, em 1950, quem criou essa nuance de cor.
  • Combinações acertadas: com nude, preto e off-white.
  • Com jeans: em tons próximos a esse azul.
Para comprovar, montei os looks abaixo. Combina !

14 de set de 2011

Viagem aos vestidos do passado

Esse frio dessa semana em São Paulo dá saudades da primavera e do verão...

... e com o verão, aparecem os vestidos. Longos, curtos, coloridos, básicos, vale tudo para ficar fresquinha. Que tal conhecer os modelos de vestidos que foram moda nas décadas de 1920 a 1970 ? Foram períodos marcantes, sempre algo desses anos todos retorna, renovado.

Anos 20 – O comportamento da mulher começou a mudar, pois ela deixou de lado o espartilho (ufa ! chega de aperto !). Queria independência. O modelo de vestido tinha cintura fora do lugar, para baixo.

Criação de Coco Chanel - anos 20

Anos 30 – Houve uma grave crise mundial nessa época. Tudo começou em 1929, com a queda da bolsa de N. York. O comprimento do vestido era o mídi. Não gosto muito desse comprimento, para quem não é alta e tem tipo físico Pêra como eu, as pernas ficam achatadas.


Editorial de Moda - anos 30

Anos 40 – Era a guerra e tudo era racionado, inclusive os tecidos. O modo de se vestir era mais sério e as cores sóbrias. Em respeito aos tempos difíceis, a regra era ser conservadora em cores e tecidos.


Anos 50 – Voltam os bons tempos e o glamour junto com eles. O modelo da época tinha cintura bem marcada e saia rodada. Quando comentamos "ah,  fui a uma festa anos 60 !" com vestidos rodados, bolinhas, etc, na verdade nos referimos à moda dos anos 50.




Anos 60 – Vestidos mais simples, corte reto (tubinhos), mais curtos.


O tubinho era muito usado com botas. Foto: editorial de moda anos 60

Anos 70 – Surgem os hippies, com roupas mais simples e confortáveis.


Editorial de Moda anos 70
Reparou que você usa até hoje vestidos inspirados no passado ? Seu tubinho bem cortado, que você usa com meias e blazer, bem executiva, já foi usado bem curtinho. E o vestidão comprido do alto verão era adorado nos anos 70, pelos hippies e quem curtia uma moda colorida.

E o seu verão, combina mais com qual vestido ? 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...