30 de jul de 2013

Combinando e coordenando

Quando eu tinha uns 21, 22 anos, saí do banco para trabalhar em uma empresa multinacional. Dinheiro a mais no bolso (e é claro que eu ficava sempre no vermelho rs) comecei a comprar um monte de roupa, alguns sapatos e bolsas (ainda não era tãããoo compradora de acessórios). Bom, com relação a esses itens era "moda" usar a mesma cor: bolsa, sapato e cinto. Não me chamem de tia, mas era assim mesmo rsrs. 

Fonte: ingridpuroglamour.blogspot.com
Como eu comprava mais roupa e tudo errado, porque o guarda-roupa era lotado e eu sempre me atrapalhava pra me vestir, tinha poucos sapatos e bolsas. Também não investia muito já que ainda fazia faculdade, não tinha carro e andava pra caramba, tinha sempre uma sapatilha na sacolinha pra trocar (pois é).

E por que eu comecei essa minibiografia ? Pra comentar que vocês podem continuar combinando sapato e bolsa da mesma cor, mas coordenar cores diferentes e que tenham harmonia ou contraste também pode sim e está muito comum ! Se eu tivesse esse conhecimento antes não andaria tão combinadinha rsrs. Atualmente, com a variedade de cores que temos disponíveis nos sapatos, como resistir a montar um look diferente ? Sem contar as estampas, listras e desenhos nos sapatos e bolsas. Olhem as idéias abaixo e o que vocês já tem, é só coordenar seus acessórios, eles se multiplicam. Quem quer começar devagar, aposte na dupla marrom + nude ou preto + vinho por exemplo. Ah, azul marinho e vermelho ficam lindos !

A bolsa poderia ser pink, laranja... fonte: todaela.uol.com.br

Vale a dica: chamou a atenção no pé, bolsa discreta. Fonte: www.portalangels.com

Fonte: www.simonesoaresslz.com

Fonte: www.mamajuana.com.br

28 de jul de 2013

Esportes - inspiração para a moda masculina

Coloquei o formulário de contato do lado direito da página para a participação dos leitores e seguidores do blog e hoje recebi o 1o. contato ! Por eu ter recebido um email de um homem, esse post vai pra eles. Vamos falar sobre a influência do esporte na moda masculina. 



 O vestuário feminino também sofre essa influência, mas ela é bem maior no universo masculino. O sportswear, como é chamada a moda que se origina dos mais variados esportes, está sempre presente na moda masculina. Começando pelas camisetas e pólos com listras horizontais, marca registrada dos uniformes mais clássicos e antigos dos jogadores de rugby. Sabiam que no esporte, além das listras, o colarinho é mais curto e a camiseta é mais ajustada ao corpo, para evitar ser puxada durante o jogo ?


Fontes: www.fashionit.com.br e vip.abril.com.br.
O famoso tênis All Star de cano longo foi criado a partir do basquete. Um jogador americano chamado Chuck Taylor junto com a Converse desenhou um modelo do famoso tênis que tivesse a sola menos escorregadia e com um suporte no tornozelo. 

Fonte da foto: www.converseallstar.com.br
Da prática dos esportes náuticos, como a vela, vem a inspiração para se usar o calçado modelo dockside e os casacos com capuz e confeccionados em náilon. O calçado não permite que o atleta escorregue no deck pelas fissuras que ele possui no solado. 

Foto dos velejadores - fonte: noticias.r7.com
Da luta de box vem o modelo de shorts criado pela grife Everlast para o lutador americano Jack Dempsey. O modelo trazia mais mobilidade aos movimentos. Esse modelo de shorts inspirou a cueca samba-canção (em inglês: boxer shorts).

Fontes: www.portaisdamoda e esportes.terra.com.br
Jaquetas e coletes de gomos, estufados com plumas, fazem sucesso dentro e fora do esqui. 

Fonte foto esquiador: opticassobrarbe.blogspot.com

E finalmente do tênis, nada menos do que as camisas pólo. A gente já contou a história aqui no blog: em 1926 os homens jogavam tênis vestindo camisas de mangas compridas. René Lacoste apareceu com uma camisa de piquê e de mangas curtas para jogar. Esse modelo permitia maior liberdade de movimentos e a transpiração. O crocodilo estampado em todas as peças da Lacoste refere-se ao apelido de René - Le Crocodile. E a camisa pólo é uma constante em marcas masculinas.

Foto de René Lacoste - fonte: homemnamoda.com.br

27 de jul de 2013

Camisetas básicas, mas básicas mesmo

Há quem goste muito mesmo das camisetas, as famosas T-shirts ou regatas bem básicas, ou seja, só coloridas e sem nenhum desenho. Às vezes é difícil até encontrar algo assim nas marcas mais famosas, dependendo da coleção tem um detalhe estampado ou no próprio tecido. Há pessoas que não abrem mão de ter uma camiseta básica sem nada, faz parte do estilo delas.


Há alguns sites de vendas de roupas online que pegaram carona nesse nicho de mercado e oferecem essas peças bem básicas, sem nada. O site Basico.com (https://www.basico.com/) mostra peças para homens e mulheres; eles mencionam focar mais na qualidade, por isso as peças são mais caras do que as similares encontradas no varejo. Outras empresas que adotaram essa estratégia foram a Monograme que vende pela web também e a MyBasic (http://www.mybasic.com.br/mybasic/). Achei esse site bem legal.

Fonte: www.vocereporter.net
E vocês sabem que a camiseta ou regata básica, branca, preta ou colorida, vai bem em looks de final de semana e também no trabalho. Multiplique suas peças !

Fonte: gleire.blogspot.com.br
Fonte: checkupfashion.zip.net


25 de jul de 2013

Selo novinho

Hoje o post é um mini post só pra contar que o blog tem um selinho novo de recomendação ! É da escola EnModa (www.enmoda.com.br) onde eu fiz vários cursos de curta duração (2 meses) e o último em Formação em Consultoria de Imagem que durou 10 meses. 

Visitando meu blog e rolando pelo canto esquerdo, você também acha esse selo e clicando acessa o site da escola. Se vocês tem interesse em cursos online da área, recomendo !


24 de jul de 2013

Aproveite e use: está frio !

Frio demais ! Acordar com 6 graus de temperatura lá fora, tentar esquentar o chuveiro (que demora !), na rua aquele vento gelado no rosto e segundo o rádio, sensação térmica de 0 grau! Isso foi a manhã de hoje... agora chove levinho lá fora. Não vai dar outra: desce casacão, blusas de frio, cachecol e botas do armário.

Fonte: www.mundoindica.com.br

E dá pra ser elegante com essa temperatura ? O que a gente quer é se sentir quentinha, mas dá sim pra usar os casacos mais compridos, combinados com calças mais afuniladas com botas montaria ou de boca mais larga com botas curtinhas. Meia, cachecol e lenços completam a produção. Separe sua roupa ainda hoje e já tenha uma idéia do look de amanhã.
Afinal.... amanhã já é 5a.feira e esse frio há de passar ! 

Fonte: www.mundoindica.com.br


Fonte: luadecriistal.blogspot.com

Fonte: moda.culturamix.com

22 de jul de 2013

Comprando em sites internacionais

Muitas grifes internacionais abrem lojas no Brasil. Porém o preço cobrado por aqui é aquele taxado com todos os impostos do país. O resultado é bem maior do que se comprássemos a mesma roupa lá fora. Mas e se a gente não viaja tanto assim nem tem alguém que vá sempre pra trazer uma encomendazinha rs ?

Muitas pessoas optaram por comprar diretamente de sites internacionais, como o eBay (http://www.ebay.com/) e o site chinês AliExpress ( http://www.aliexpress.com/). Mas será que vale a pena ? Reportagem na Veja São Paulo dessa semana mostra que uma camiseta da marca Abercrombie & Fitch custa em média R$ 100,00 por aqui. Pela internet, acrescida de taxas e frete, pode-se economizar até 40%. O valor da mesma camiseta no site da eBay sai por U$ 16.00 (R$ 35,00).

Mas antes de se empolgar na internet, vale a pena lembrar de alguns detalhes para não cair de costas quando a fatura do cartão de crédito chegar:
  • Remessas de até U$ 50.00 estão isentas de impostos de importação. 
  • Acima desse valor, incide 60% de taxação + pagamento de ICMS, que na cidade de São Paulo é de 18%.
  • Usando o cartão de crédito, deve-se levar em conta o IOF de 6,3% em transações comerciais.
Em geral, esse tipo de aquisição via internet é bom porque:
  • Os preços são mesmo mais baixos.
  • Pode-se acessar marcas ainda não disponíveis no Brasil.
  • Grande variedade de peças.
  • Comodidade de fazer um pedido de roupas ou maquiagem em sites internacionais, sem sair de casa.

E o que não é assim tão legal ?
  • Não se experimenta a roupa, claro. O mesmo problema quando compramos de site nacional.
  • Porém aqui é mais fácil de trocar, lá fora fica mais difícil trocar o produto.
  • A demora em receber o produto pode ser de até 1 mês.
  • Se o dólar estiver lá em cima, não compensa esse tipo de compra.


Confesso que já comprei vários perfumes e maquiagem através do site Strawberry (http://br.strawberrynet.com/main.aspx). Chegando aqui no Brasil a mercadoria foi taxada e tive que retirar nos Correios, pagando o valor devido. O bom desse site é que é só escanear esse pagamento de taxa e enviar pra eles que o reembolso cai no seu cartão de crédito. Do contrário não vale a pena.


Existe um serviço chamado Mercado Direto, criado em 2006, que auxilia nessas transações. Esse site faz a aquisição da peça em qualquer loja americana e manda entregá-la no Brasil. Quer testar ?


Tem uma calculadora na página pra ajudar no cálculo. É só pesquisar e ver se vale a pena.



21 de jul de 2013

Roupa sob medida - um luxo ?

Às vezes a gente vê uma determinada peça de roupa em uma revisa e se encanta. Marca e modelo anotados, vamos em busca do item desejado mas não achamos mais disponível na loja. Frustração e aquele desejo de ah se eu soubesse costurar ! Ou se conhecesse alguém que (ainda) costura. Se vocês conhecem um bom alfaiate ou costureira, essa roupa poderá se tornar realidade.

Fonte: casaprado.com.br

Quando eu era bem pequena, me lembro de ir com meu pai ao alfaiate, que ficava em uma esquina da Vila Prudente, perto na igreja católica. Minha mãe chegou a fazer algumas peças de roupa com ele e ela comentava de que "durava muito". Quando comecei a trabalhar fora, as lojas de tecido eram bem mais numerosas e as costureiras no bairro também. Eu costumava comprar seda ou viscose e pedia para elas fazerem camisetas regatas para usar por baixo de blazers. Pedia também para fazer conjuntinhos de blazer e saia, quando comecei a atuar como secretária. Me lembro bem de um de flanela, quadriculadinho de preto e branco com detalhes em preto, perdi a conta de quantas vezes usei as duas peças juntas ou combinadas com outras roupas.  

Cada vez mais raros, esses profissionais valem o investimento, pois uma roupa feita sob medida não tem preço:

  • O caimento será perfeito, pois será ajustado e moldado no seu corpo. Quem nunca provou uma calça do seu manequim, outra de um número maior ou menor e desejou que existisse um número intermediário ?
  • A imaginação será sua para criar detalhes, usar tecidos ou estampas diferentes em cima do modelo escolhido. O profissional vai te ajudar a escolher os tecidos mais indicados.

Fonte: www.newbijoux.com.br

  • A peça vai ter boa durabilidade pois a escolha do tecido e até dos acessórios, como botões por exemplo, vai seguir um padrão de qualidade.
  • O custo-benefício não é pagar mais barato do que na loja - o que acontece quase sempre nesse caso - mas ter uma peça feita especialmente para você. Será uma peça exclusiva, ou você acha que vai encontrar uma amiga(o) com uma peça idêntica ?
Se alguém conhece um bom profissional da costura, me avise !


19 de jul de 2013

Acessório quentinho

Ando sumida, mas estou aqui. Um colega hoje perguntou se eu não escrevia mais no blog... olhaaa, eu tenho audiência ! E sinto falta de postar, por isso vou deixar de lado as semanas cansativas que venho enfrentando e escrever sobre moda, que é o que eu gosto :)


Pela foto acima já sabem o assunto: cachecol. Inspirada pelo frio que dizem vai chegar por aqui (7 graus em São Paulo na 3a. feira ???) quis fazer o post sobre esse acessório chique e quentinho. Acho que vou tirar os meus do armário, emfim !

Fonte: www.cliquedicas.com
Mais grosso que a echarpe, geralmente de lã ou tricô, ele permite também amarrações estilosas e completa com estilo o look para os dias bem frios. Lembram-se dos vários jeitos de usar um lenço no pescoço ? Podemos ser criativas com o cachecol também. Sem contar as cores da lã, as estampas, os modelos trabalhados.

Fonte: www.justlia.com.br

E os moços, ficam bem de cachecol ? O que vocês acham rs ? Sou totalmente a favor.

Fonte: expedientedamoda.com
Dica: quando você entra na empresa ou escritório, pendure o cachecol junto com o casaco. Trabalhar com o pescoço todo enrolado e escondido dentro da lã não combina com o ambiente. 


14 de jul de 2013

Calçados Made in Brazil

Não é de hoje que os calçados brasileiros fazem sucesso lá fora. Faz 15 anos que eu fiz intercâmbio nos EUA (nossa, como passou o tempo rsrs!) e achei sapatos feitos aqui lá nas prateleiras de N. York. Com a quantidade de fabricantes que temos e a qualidade e capricho dos nossos sapatinhos, não é de se estranhar esse sucesso. Se a gente não sabe que modelo levar quando entra em uma loja, imaginem o pessoal de outros países olhando nossos modelos atuais, bem feitos e coloridos.

Fonte: www.adag.org.br
Em muitos países por aí, várias pessoas devem estar caminhando nesse momento com um calçado brasileiro, vejam os números das exportações de 2012. (fonte: Revista Vogue Brasil - suplemento especial de julho/2013):

  • Estados Unidos (e não é de hoje que isso começou): em 2012 foram gastos US$ 197,5 milhões com calçados daqui.


  • França (olha só, o pais da moda): tem aumentado seus gastos com nossos calçados, batendo US$ 75,3 milhões no ano passado.


  • Mas a França não é o 2o. país no ranking, os nossos amigos hermanos da Argentina é que são: US$ 135,9 milhões de gastos com calçados brasileiros.


  • Bolívia: Em 4o. lugar no ranking de compradores brasileiros, gastando US$ 46,65 milhões.


  • Reino Unido (será que a Kate Middleton é fã ?): consumiu US$ 40 milhões em calçados brasileiros no ano passado.



É uma ótima vitrine para nossos fabricantes, pois além de ser um foco de produção, faz com que essas empresas se organizem para atender com mais qualidade os pedidos externos. E isso profissionaliza os empregados. Moda é ou não é um mercado que gira e traz dinheiro ?

Além disso, várias blogueiras lá de fora adotaram os modelos de sapatos made in Brazil em seus posts. Algumas até vieram para o Brasil conhecer a fabricante e criadoras de algumas marcas, como por Chiara Ferragni do blog The Blond Salad e a estilista de calçados Luiza Barcelos, de Belo Horizonte.

Chiara e um sapato da marca brasileira Luiza Barcelos. Fonte: www.theblondesalad.com
Se vocês tiverem curiosidade em checar esses blogs, acessem os links:

Blog The Blond Salad: http://www.theblondesalad.com/

Blog Tuula Vintage: http://www.tuulavintage.com/

Blog The Glamourai: http://www.theglamourai.com/

Blog The Fashion Fruit: http://thefashionfruit.com/

10 de jul de 2013

Moda online - mais uma opção

Hoje recebi um email do site Submarino com o título "Chegou a loja de Moda do Submarino" divulgando sua divisão voltada ao fashion. Um site onde se vende de tudo - mesmo - agora foca em roupas e acessórios femininos e masculinos.


Além das abas para roupas femininas, roupas masculinas, acessórios e calçados tem um link chamado Dicas e Inspirações. São várias fotos de street style (moda que a gente vê nas ruas) de acordo com determinado tema. Se você é avessa(o) a comprar pela internet, vale como inspiração (mas não deixem de se inspirar pelo meu blog, por favor rsrs). Tem também alguns looks prontos, lojas exclusivas e a possibilidade de comprar por telefone.



Confesso que já comprei roupas e sapatos pela net, já acertei e errei rs mas ultimamente prefiro provar, principalmente sapatos, calças e saias. Mas um acessório como um cinto, uma bolsa, porque não rs ?

Site: http://www.submarino.com.br/ acesse a loja Moda, Calçados e Acessórios.

9 de jul de 2013

Estilo militar em alta para homens

A temporada de desfiles de moda Paris e Milão, recentemente encerrada, trouxe às passarelas a tendência militar bem forte para os looks masculinos. Estilistas das grifes Gucci, Calvin Klein e Luis Vuitton apostaram fortemente no estilo.

Fonte: www.athoshomem.com.br. Imagem: Chubb Acent
Peças com visual camuflado, cores de uniforme e brasões foram mostrados na passarela. Particularmente, acho que tem tudo a ver com o universo masculino e casual, não curto muito essa tendência para o feminino, acredito que pelo meu estilo pessoal. Mas acho difícil combinar verde-oliva com outros tons, vocês não acham ?

Fonte: minutomoda.com

3 de jul de 2013

Parceria chic

Lembram-se quando Kate Middleton ficou noiva do príncipe William, usando um vestido azul elegantérrimo que rendeu assunto e foi muito copiado ? A responsável pelo modelito é a estilista brasileira Daniella Helayel e sua marca Issa. Agora, ela assina uma coleção bem charmosa para a C&A, chegando às araras este mês.

Simples e lindo. Fonte: www.br.eonline.com
Daniella vive desde 1999 em Londres e além de Kate, tem fãs famosas das suas criações, como Madonna, Beyoncé e Kate Moss. A projeção que teve com o famoso vestido azul lhe rendeu mais prestígio ainda. Ela planeja abrir a 1a. loja no Brasil em breve.
 
A coleção tem vestidos, saias, calças e túnicas em cores como vermelho, azul royal, preto e pink, além de estampas animal print e grafismos. A estilista também se preocupou com acessórios como sandálias e clutches. Achei algumas peças bem interessantes - é dar uma passada da C&A e conferir de perto. A partir de 11.07.


Fonte: trendytwins.com.br
Fonte: www.caroladuarte.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...