Bem vinda(o) à minha página ! Sempre gostei de arrumar o guarda-roupa, mudar peças de lugar, agrupar por cor, depois por modelo, praticar o "desapego" (entra peça, sai peça, do contrário a porta não fecha rsrsrs) e curtir revistas e informações de moda. Nos últimos anos comecei a prestar atenção ao que é Moda, Estilo, qual a roupa mais adequada para cada um e a buscar informações sobre História da Moda, Estilistas e Personal Stylist. Desde julho/2011 publico aqui no blog informações sobre tudo isso pra vocês. Acessem e naveguem à vontade !

"Moda passa, estilo é eterno" - Coco Chanel

Você também me encontra aqui:

Facebook: https://www.facebook.com/modaeestilosera/

Pinterest: https://br.pinterest.com/elaineaiolfe/

Instagram: https://www.instagram.com/elaineaiolfe/

9 de dez de 2012

25 de Março - vai encarar ?

A famosa rua de comércio de São Paulo normalmente recebe 400 mil pessoas em dias normais. Nessa época pré-Natal, essa quantidade sobe para 1 milhão de compradores em busca de preços baixos e variedade. Vocês sabem como essa fama de preço baixo começou ? Voltando no tempo e contando a história de como o comércio se desenvolveu na Rua 25 de Março.

Foto muuuito antiga da 25 de Março. Fonte: umapartedomundo.wordpress.com
No século 19, os imigrantes árabes abriram as primeiras lojas na rua famosa. O foco eram os tecidos e aí já se formou um pólo de negócios que atraía compradores de outras cidades e estados. O forte mesmo era o atacado. Mas a fama de preço baixo começou nos anos 1960, depois de uma grande enchente que atrapalhou a vida dos comerciantes, pois muito tecido foi prejudicado na inundação. O jeito foi fazer uma liquidação de mercadorias com preços mais baixos. Foi aí que eles perceberam um nicho de mercado: porque não fazer disso uma constante ?

Nos anos 70, a rua foi invadida por sacoleiros vindos do Paraguai para vender seus produtos, na maior parte eletrônicos. Isso trouxe alguma mudança no perfil da rua, a oferta de produtos foi se diversificando e o varejo se firmou como destaque. Hoje em dia, 30% das lojas ainda está focada somente em atacado. Também conta para trazer novas pessoas à região a reforma do Mercado Municipal, realizada em 2004. 

Além do preço baixo, outros 2 fatores contribuem para o sucesso da região: variedade e tradição. Todo mundo sabe que lá a compra mais barata é certa e vai encontrar de tudo um pouco. Até quem nunca veio pra São Paulo, quando vem fazer um curso, trabalhar  ou visitar alguém, pergunta: como eu faço pra ir na 25 de Março ?

Movimento no final de novembro de 2012, na Ladeira Porto Geral. Fonte: noticias.uol.com.br
Você sabia ?
  • 74% de quem compra são mulheres
  • 24% compram pra revender
  • 34% tem entre 25 e 34 anos
  • 56% são da classe A e B 
  • Média de gastos: R$ 193,45
  • Faturamento de 2011: R$ 17 bilhões
  • Pontos de Venda: 3.500
  • Quem busca preço baixo: 84%
  • Quem busca variedade: 57%

Fonte: iphandmade.blogspot.com.br
Produtos mais comprados:
  • Armarinhos e aviamentos - 58%
  • Artigos de época - 51%
  • Brinquedos - 47%
  • Papelaria - 43%
  • Bijuteria - 40%
  • Acessórios - 37%
  • Cama, mesa e banho - 28%
  • Óculos - 25%
  • Eletroeletrônicos - 17%
  • Roupas Infantis - 16%
  • Lingerie / roupa íntima - 14%
  • Roupas femininas - 12%
  • Perfumes / cosméticos - 12%


Segundo comerciantes, os itens mais procurados na 25 de Março, no momento, são:

Clutch
  • Clutch - bolsa de mão, menor do que a carteira de mão e muito procurada para festas e eventos.
  • Galinha pintadinha - vendida em lojas e camelôs.
  • Sutiã com alça de renda - depois da novela "Avenida Brasil" pegou pra valer.
  • Bonecas "Monster High" - em média encontradas por R$ 130,00 nas lojas de brinquedos.


Se animou ? Vai encarar ? Boa sorte e aproveite também os domingos pela manhã quando muitas lojas abrem. Não se esqueça de fazer sua listinha foco, se vestir de maneira confortável e muito cuidado com as aglomerações, pois tem muita gente que se aproveita do seu descuido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...