Bem vinda(o) à minha página ! Sempre gostei de arrumar o guarda-roupa, mudar peças de lugar, agrupar por cor, depois por modelo, praticar o "desapego" (entra peça, sai peça, do contrário a porta não fecha rsrsrs) e curtir revistas e informações de moda. Nos últimos anos comecei a prestar atenção ao que é Moda, Estilo, qual a roupa mais adequada para cada um e a buscar informações sobre História da Moda, Estilistas e Personal Stylist. Desde julho/2011 publico aqui no blog informações sobre tudo isso pra vocês. Acessem e naveguem à vontade !

"Moda passa, estilo é eterno" - Coco Chanel

Você também me encontra aqui:

Facebook: https://www.facebook.com/modaeestilosera/

Pinterest: https://br.pinterest.com/elaineaiolfe/

Instagram: https://www.instagram.com/elaineaiolfe/

14 de jul de 2012

Mini regiões de compras dentro da cidade

Antigamente quem queria comprar enfeites de Natal e 1 milhão de coisas para a casa ia para a 25 de Março. Roupas, só no Brás e Bom Retiro. Isso mudou um pouco nos últimos anos, pois determinadas regiões em São Paulo concentram várias lojas e ofertas que dispensam a ida àqueles lugares. 


Essas "minis 25 de Março" surgem ao redor de grandes lojas varejistas que ampliam sua rede de atendimento nos bairros mais distantes. Exemplos são as regiões da Marechal Tito em São Miguel e algumas ruas em Guaianazes e Itaquera, na região Leste. Essas ruas se desenvolvem como novos pólos populares de compras, com lojas, quiosques e ambulantes. Como na região da 25 de março. Outro fator que contribui para isso é a distância - esses locais são mais longe do centro. Vai em conta o tempo/custo do transporte, local para estacionar se vai de carro, preço dos estacionamentos. Se tem tudo à mão na sua região e não é sempre que dá para ir a esses lugares centrais, porque não aproveitar em seu próprio bairro ?

Banca de roupas em São Miguel Paulista. Fonte: Folha de São Paulo. 
Alguns comentários de moradores dessas regiões e especialistas,em entrevista ao jornal Folha de São Paulo, em dez/2011:
  • "Consigo de tudo, com preço bom, sem precisar ir à 25" - morador do Itaim Paulista em visita à Marechal Tito.
  • "O comércio vem crescendo de uns quatro anos para cá" - supervisor de vendas de uma loja de confecções no mesmo bairro.
  • "Nestes 30 anos, o comércio cresceu bastante. Foi importante acompanhar a transformação" - dono de loja de bolsas, chegou à Guaianazes em 1982.
  • "Essas regiões são consideradas grandes shoppings a céu aberto. Pela dificuldade de locomoção ou até de frequentar shoppings, eles movimentam o comércio regional" - professor da FGV, Edgar Barki.
O bairro em que moro é assim. Chama-se Parque São Lucas e fica na Zona Leste, faz parte da Subprefeitura de Vila Prudente. As avenidas Oratório, São Lucas e Francisco Fett são um shopping à céu aberto. Pessoas de outros bairros próximos vem aqui fazer compras. Por isso, no final do ano, bem antes do Natal, compro o que tiver que comprar em shoppings, depois é colocar um sapato confortável, pegar uma sacola de compras e bater perna em todas as lojas do bairro. Algumas já aparecerem aqui no blog  - a Lilly Calçados (lindíssimos, diretamente de Franca e outras cidades fabricantes de sapatos) e a Nikey Store, loja multimarcas onde você acha várias marcas legais para mulheres, homens e crianças a partir de 10 anos. Tem lojinhas mais baratas, populares, só de roupas de criança, perfumarias, lojas de presentes, de brinquedos, tem até uma mini filial da 25 rsrsrs é uma loja bem grande aberta por uma família de coreanos e que está bombando. Tem exatamente tudo o que tem na 25 de março. Já pirei lá.

Loja Nikkey - Parque São Lucas

Av. São Lucas e suas lojas
Não é legal saber que essas regiões movimentam o comércio, os empregos e oferecem o que você precisa sem precisar ir longe pra achar ?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...